Ministério da Cultura apresenta


Formato: 350 x 110px

Releases

O regionalismo também está presente na Bienal do Livro de Minas

13/04/2016

Baixe aqui o release

Autores com suas narrativas regionais participam do maior evento literário de Minas Gerais

Até o dia 24 de abril, a Bienal do Livro de Minas reúne, no Expominas, centenas de autores de todo o país, além de grandes nomes da literatura mundial e brasileira que têm seus livros nos estandes das principais editoras que participam do evento.

Os leitores encontram autores clássicos da literatura nacional como Machado de Assis, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Castro Alves, entre outros. E também alguns dos grandes nomes da literatura regionalista brasileira. O paraibano Ariano Suassuna, o gaúcho Érico Veríssimo, o mineiro Guimarães Rosa e o alagoano Graciliano Ramos são exemplos de representantes do século 20, provenientes deste gênero literário, inaugurado no Brasil no século XIX.

Mas não são apenas os nomes já conhecidos pelo grande público tem seus livros à venda no evento. Na quinta edição da Bienal do Livro de Minas, autores independentes resgatam a tradição literária do regionalismo e transportam os leitores para diversos pontos do país, através das letras e elementos da cultura e geografia regional.

Um dos exemplos é o escritor cearense Abraão Batista, da editora Memorial de Cordel. Além de temas frequentes da literatura de cordel, como cangaço, romances e desafios, o autor resgata memórias de vítimas da ditadura, como Zuzu Angel e Wladimir Herzog, entre outros.

A paraense Noemi Ferreira, autora do livro Sol e Chuva, leva seus leitores até a Amazônia neste romance que conta as experiências do engenheiro agrônomo Jairo, que abandona a vida urbana para viver em uma comunidade ribeirinha no coração floresta amazônica. Sol e Chuva é um painel da vida, cultura, religiosidade, mitologia, clima e paisagem da Amazônia.

O mineiro Juarez Nogueira lançou na Bienal o livro infantojuvenil Ninauá, publicado pela Gulliver Editora. Para a criação da obra de literatura fantástica com elementos da mitologia indígena, o autor divinopolitano morou por um período na aldeia katukina, no Acre.

Já as andanças do escritor baiano Valdeck Almeida de Jesus pelas entranhas da Bahia, aparecem no romance LGBT Gayroto de Programa: 5000 tons de sexo, como parte da história dos personagens de seu livro. A personagem principal é de origem interiorana, do desconhecido distrito de Upabuçu, território do município de Lagedo do Tabocal, localizado no Vale do Jequiriçá, na Bahia.

Sobre a Fagga | GL events Exhibitions
Referência em promoção e organização de feiras e eventos no Brasil, a Fagga l GL events Exhibitions está no mercado há meio século e é responsável pela realização de mais de 20 feiras por ano no país. Desde 2006, faz parte de um dos maiores grupos do setor de eventos no mundo, a francesa GL events. A multinacional é a única da América Latina a trabalhar em toda cadeia da produção de eventos: da concepção, administração de espaços, design, construção, fornecimento de estrutura, serviços de catering até hospedagem, organização de exibições e produção de brand events.

SERVIÇO
V Bienal do Livro de Minas 2016

Data: 15 a 24 de Abril de 2016
Local: Expominas | Avenida Amazonas, 6.030 - Bairro Gameleira | Belo Horizonte, MG

Site: www.bienaldolivrominas.com.br Contato: bienaldolivrominas@fagga.com.br
Fagga l GL events Exhibitions | www.fagga.com.br GL events Brasil - www.gleventsbrasil.net

Assessoria de Imprensa: Approach Comunicação Integrada (21) 3461 4616 / (11) 3846-5787
Núdia Fusco – nudia@etccomunicacao.com.br Luciana d’Anunciação – luciana@etccomunicacao.com.br

Use as tags #EUAMOLER e #BIENALRIO e compartilhe seu amor pela leitura.
Local do Evento:
Expominas
Av. Amazonas, 6030
Gameleira - Belo Horizonte - MG
30510-000 - Brasil
Informações, Dúvidas e SAC:
+55 (31) 3332-5484
Atendimento: 10h às 17h
bienaldolivrominas@fagga.com.br

Comercial:
Ronaldo Gomes
(21) 2441-9373 / 99478-2896