Bienal do Livro Minas 2016 – Atividade Infantil

15 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
15:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo

Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.

16:00

Trupe Gaia Cantigas de quintal

Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.

17:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

18:00

Trupe Gaia É folclore sim senhor

O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.

16 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:00

Trupe Gaia É folclore sim senhor

O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.

11:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo

Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.

14:00

Alessandra Visentin Pelos reinos do mundo

Voando, navegando, cavalgando, imaginando... é dessa maneira que o público fará uma grande viagem mágica "Pelos reinos do mundo" Na China, lá longe "Nas Arábias", ou bem pertinho, aqui mesmo no Brasil! Quem sabe até no incrível reino de Manoel de Barros? Os reinos são muitos! De forma lúdica e interativa, a contadora de histórias Alessandra Visentin, apresenta, em sua maioria, histórias da tradição oral que falam de amor, de amizade, de confiança, de honestidade. E mais: nos mostra a importância das histórias em nossas vidas.

14:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

14:30

Alessandra Visentin Pelos reinos do mundo

Voando, navegando, cavalgando, imaginando... é dessa maneira que o público fará uma grande viagem mágica "Pelos reinos do mundo" Na China, lá longe "Nas Arábias", ou bem pertinho, aqui mesmo no Brasil! Quem sabe até no incrível reino de Manoel de Barros? Os reinos são muitos! De forma lúdica e interativa, a contadora de histórias Alessandra Visentin, apresenta, em sua maioria, histórias da tradição oral que falam de amor, de amizade, de confiança, de honestidade. E mais: nos mostra a importância das histórias em nossas vidas.

16:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

16:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU!

Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.

17:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo

Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.

17 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:45

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

13:30

Trupe Gaia Cantigas de quintal

Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.

14:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

14:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo

Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.

15:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
16:30

Trupe Gaia É folclore sim senhor

O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.

17:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
18:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

18 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
10:45

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
10:45

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
13:30

Rafael Fares e Marcos Braccini Caderninho sobre o nada

É um convite ao universo poético do escritor Manoel de Barros. Elaborada a partir de um encontro com o poeta, a apresentação nos transporta para o "Mundo pequeno" do escritor e nos mostra do que é feita a sua vida: qual a matéria de sua poesia e como seu olhar pode transformar a tarde em palavras, a partir de gestos simples. Os artistas farão também uma homenagem ao autor com o "Caderninho sobre o nada", cena que entrelaça memórias vividas e inventadas com frases, além das "Inutilezas", brincadeiras com palavras inspiradas no "Livro sobre o Nada".

14:00

Rafael Fares e Marcos Braccini Inutilezas É um convite ao universo poético do escritor Manoel de Barros. Elaborada a partir de um encontro com o poeta, a apresentação nos transporta para o ?Mundo pequeno? do escritor e nos mostra do que é feita a sua vida: qual a matéria de sua poesia e como seu olhar pode transformar a tarde em palavras, a partir de gestos simples. Os artistas farão também uma homenagem ao autor com o ?Caderninho sobre o nada?, cena que entrelaça memórias vividas e inventadas com frases, além das ?Inutilezas?, brincadeiras com palavras inspiradas no ?Livro sobre o Nada?.
15:00

Trupe Gaia É folclore sim senho O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
16:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça Os personagens Pitaco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.
17:00

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.

19 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas. Encantação

11:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo

Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.

14:00

Trupe Gaia É folclore sim senhor O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
15:00

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
15:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
16:30

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
17:30

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça Os personagens Pitaco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

20 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:45

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
13:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
14:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

14:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
15:30

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

16:30

Trupe Gaia É folclore sim senhor O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
17:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.

21 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:45

Rafael Fares e Marcos Braccini Caderninho sobre o nada

É um convite ao universo poético do escritor Manoel de Barros. Elaborada a partir de um encontro com o poeta, a apresentação nos transporta para o "Mundo pequeno" do escritor e nos mostra do que é feita a sua vida: qual a matéria de sua poesia e como seu olhar pode transformar a tarde em palavras, a partir de gestos simples. Os artistas farão também uma homenagem ao autor com o "Caderninho sobre o nada", cena que entrelaça memórias vividas e inventadas com frases, além das "Inutilezas", brincadeiras com palavras inspiradas no "Livro sobre o Nada".

11:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

11:30

Rafael Fares e Marcos Braccini Inutilezas

É um convite ao universo poético do escritor Manoel de Barros. Elaborada a partir de um encontro com o poeta, a apresentação nos transporta para o "Mundo pequeno" do escritor e nos mostra do que é feita a sua vida: qual a matéria de sua poesia e como seu olhar pode transformar a tarde em palavras, a partir de gestos simples. Os artistas farão também uma homenagem ao autor com o "Caderninho sobre o nada", cena que entrelaça memórias vividas e inventadas com frases, além das "Inutilezas", brincadeiras com palavras inspiradas no "Livro sobre o Nada".

13:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
14:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

14:00

A Bela e a Fera A Bela e a Fera

Tire uma foto com a Bela e a Fera na Bienal do Livro de Minas.

15:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
17:00

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
17:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.

22 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
11:30

Trupe Gaia É folclore sim senhor O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
13:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

14:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
15:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

16:00

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
17:30

Trupe Gaia Cantigas de quintal

Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.

23 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:45

Trupe Gaia É folclore sim senhor O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
11:00

Detetives do Prédio Azul Cineminha: Detetives do Prédio Azul

Três amigos inseparáveis, Tom, Mila e Capim, desvendam a cada episódio problemas misteriosos que surgem no prédio onde moram. Vestidos com suas capas superequipadas, eles são os Detetives do Prédio Azul!

Sessão com a exibição de dois episódios da série Detetives do Prédio Azul.

Acesso gratuito e por ordem de chegada.

Capacidade do espaço: 120 lugares.

11:30

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.
13:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
14:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
15:30

Roberto de Freitas e Rita Cândido Bichos de todo jeito Espetáculo infantil com músicas autorais, histórias, Cantigas e brincadeiras da cultura popular e da tradição oral brasileira. O trabalho conduz os espectadores ao caminho sensível da música e da contação de histórias e promete diversão e emoção para crianças de todas as idades.
16:00

Roberto de Freitas e Rita Cândido Bichos de todo jeito Espetáculo infantil com músicas autorais, histórias, Cantigas e brincadeiras da cultura popular e da tradição oral brasileira. O trabalho conduz os espectadores ao caminho sensível da música e da contação de histórias e promete diversão e emoção para crianças de todas as idades.
16:00

Homem de Ferro Homem de Ferro Tire uma foto com o Homem de Ferro na Bienal do Livro de Minas.
16:00

Frozen Frozen

Tire uma foto com a Elsa de Olaf na Bienal do Livro de Minas.

16:30

Trupe Gaia Sarau liter... UAU! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
17:00

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
18:00

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas. Encantação

24 DE ABRIL

Hora / Localização Autor Mediação Atividade / Sessão Texto
10:00

Trupe Gaia É folclore sim senhor O espetáculo resgata histórias do imaginário popular e com muito mistério e humor envolve os personagens em aventuras que estimulam a criatividade e encantamento dos pequenos fazendo uma ponte entre o mundo real e a fantasia.
11:30

Trupe Gaia Sem pé nem cabeça

Os personagens Pitoco e Mocotó entram no universo da imaginação e fazem as crianças mergulharem no mundo dos livros e dos sonhos. Numa atrapalhada jornada, os dois começam a narrar histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

14:00

Trupe Gaia Sarau liter... UAUI! Este Sarau em formato de programa de auditório, trará uma disputa acirrada e lúdica entre os participantes. De forma divertida, além de aprender sobre a vida e a obra de nosso estimado poeta Manoel de Barros, eles deverão criar uma chuva de palavras, frases e poesias que serão avaliados pelo aplausonômetro e pela vontade do público em vê-las serem recitadas. Não existem regras, e os campeões serão aqueles que melhor conseguirem usar palavras que ainda não tenham idioma ou que melhor sirvam na boca dos passarinhos.
15:30

Trupe Gaia Apanhador de desperdícios - Cortejo Sapos, borboletas, pássaros e grilos percorrerão os espaços da Bienal preenchendo os vazios com peraltagens e poesia, feito um menino que carrega água na peneira e tem um quintal maior do que o mundo.
16:30

Jhê Delacroix Cantarolando despropósitos - O menino que carregava água na peneira

No espetáculo, Jhê Delacroix apresentará ao público as histórias "O menino que carregava água na peneira" e "A menina avoada" do poeta Manoel de Barros. Um mergulho no mundo da fantasia que traz o frescor da poesia e do lirismo em dias tão ensolarados.

17:00

Jhê Delacroix Cantarolando despropósitos - A menina avoada

No espetáculo, Jhê Delacroix apresentará ao público as histórias "O menino que carregava água na peneira" e "A menina avoada" do poeta Manoel de Barros. Um mergulho no mundo da fantasia que traz o frescor da poesia e do lirismo em dias tão ensolarados.

18:00

Trupe Gaia Cantigas de quintal Música, teatro e poesia são o alicerce do espetáculo que convida o público a brincar de cantar e encantar, dançar e fazer roda, como proposta de mostrar o rico repertório da cultura popular tradicional do Brasil.